Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Fernando Mendes: o gordo mais simpático de Portugal.


Aos 45 anos de idade, Fernando Mendes é um dos artistas mais queridos do público português. A ele se deve grande parte do sucesso de "Preço Certo", concurso da RTP que já ultrapassou as mil edições, sempre no topo das audiências. O actor e apresentador, que começou no teatro a engraxar sapatos, conversou com SapoFama durante um almoço no "Solar dos Presuntos", em Lisboa, e disse de sua justiça.

Herdou de seu pai, o saudoso Vítor Mendes, o jeito para o teatro e, também, esses genes gordinhos, não é verdade?
É verdade, não me importo e até gosto de brincar com isso... Foi graças a meu pai que entrei para o teatro. O facto de ele ser actor abriu-me as portas. Comecei no Parque Mayer, mesmo no início da década de 80, tinha eu 17 anos, como ajudante de contra-regra e logo no primeiro dia pediram-me para engraxar 200 pares de sapatos!

Ainda se lembra do seu primeiro ordenado?
Foram 9 contos. Era um balúrdio! Basta ver que o meu pai, nessa altura, dava-me 30 escudos de mesada, verba que aumentava para 70 se eu passasse de ano.

Como é que saltou dos bastidores para o palco?
De dia engraxava sapatos e arranjava os cenários e à noite fazia umas pontinhas como actor. Isso era na altura em que o Salvador (Eugénio) estava á frente de grande elenco e o Mendes atrás de um grande elenco...

Como se chamava a revista em que se estreou?
"Reviravolta". Estreou no dia 3 de Setembro de 1980, no Teatro ABC, com Eugénio Salvador, Florbela Queiroz, Mara Abrantes, Rosa do Canto e José Manuel Cantigas. Tinha eu 17 anos. Nessa revista fiz uma "compèrage" com a Florbela de homenagem à Beatriz Costa, um número inesquecível.

E na televisão? Ainda se lembra do seu primeiro programa?
Foi uns largos meses depois, tinha eu 19 anos. Chamava-se "Foguete" e era um programa de música portuguesa com António Sala, Luís Arriaga e o meu querido amigo Carlos Paião.

Actualmente, além do seu trabalho como apresentador do "Preço Certo", na RTP, o que faz?
Estamos a percorrer o país com a peça "O Peso Certo". Eu, a Sónia Brasão, o António Vaz Mendes, o Luís Portugal, os Jáfumega e quatro bailarinas.

Que idades têm os seus filhos?
A Nádia tem 21 anos e é estudante de marketing, e o Vítor, de 16, está no 10º ano.

É um pai presente ou ausente?
Acho que devia ser mais presente, mas agora eles já estão na idade de namorar e preferem estar com os amigos. No entanto, telefonamo-nos todos os dias e, no Verão, vamos sempre de férias para qualquer lado.

O que é mesmo mais importante na vida?
A amizade. Aprendi isso com o meu pai. Ainda me lembro das ceias que ele tinha com os amigos depois do teatro e da importância que lhes dava.

Confia assim tanto nas pessoas?
Bem, dantes confiava em toda a gente. Agora sou mais selectivo, mas não tenho a mínima dúvida de que os verdadeiros amigos são para a vida!
publicado por Admin às 00:11
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.últ. comentários

Este link não funciona. Por favor, coloque um novo...
cria um novo link por favor
http://youtu.be/jb3FvmaWtRo
Meu sonho è ter sexo com ela...
Faço desde já uma declaração prévia: sou agnóstico...
Faço desde já uma declaração prévia: sou agnóstico...
Si quieren ver mas de ella visiten: http://bootyc...
adoro documentarios !!!show de bola esse blog !!!!...
eu saquei o jogo mas nao consigo jogar, ele foi te...
em 1º lugar, para os que tem o minimo de conhecime...
blogs SAPO

.subscrever feeds